A curiosa história por trás da tradição do vestido branco de noiva





Quem nunca sonhou em se casar de branco?


Acreditamos que, em algum momento da vida, toda mulher já sonhou.


Você conhece a história dessa tradição?


Hoje vamos contar um pouco a respeito.


Desde o início da civilização, existem rituais de casamento, porém tecidos brancos só são obtidos através de métodos de alvejamento, que surgiram apenas no final do século 18 e, além disso, são mais difíceis de serem mantidos. Naquela época, a cor branca era restrita aos nobres.


Aliás, o tecido branco, por muito tempo, foi símbolo de riqueza, pois somente um pequeno grupo de nobres podia se dar ao luxo de usá-lo, uma vez que é uma cor que suja e mancha com muita facilidade.


Mas vamos à origem...


Apesar de alguns historiadores, considerarem a Rainha da Escócia Mary Stuart no século XVI com a primeira noiva nobre a se casar de branco, e também a Rainha Maria de Médici da França, no século XVII, a tradição de casar de branco começou em 1840 com o casamento de Victoria, Rainha do Reino Unido e Irlanda de 1837 até a sua morte em 1901, e também Imperatriz da Índia a partir de 1876, na Capela Real do Palácio de St. James, em Londres, com o Príncipe Alberto de Saxe-Coburgo-Gota, quando ela desfilou um modelo de renda feito à mão.


Victoria foi coroada rainha após a morte de seu tio, o Rei Guilherme IV. Ela era a única filha do príncipe Eduardo, Duque de Kent e Stratheam e a princesa Vitória de Saxe-Coburgo-Saafeld, dando início à próspera Era Vitoriana.


Além de se tornar a rainha da nação mais poderosa do mundo, seu vestido branco era um sinal da prosperidade econômica de sua nação à época, e, foi pensado a partir de peças de renda que o chefe da ancestral Royal College of Art, William Dyce, criou.




Vestidos de casamentos já eram citados na Bíblia...


Há vários relatos na Bíblia, que as noivas usavam vestidos feitos para a cerimônia de casamento. Na Idade Média não havia distinção de cor, a pomposidade do mesmo era importante, pois naquela época os casamentos selavam acordos comerciais, de perpetuação de patrimônios e deveriam mostrar as posses familiares.


Tal como era com os casamentos reais.




Fotografia: "A Jovem Rainha Vitoria" - Prime Video (Réplica do vestido original)


Até a Rainha Victória casar. Ela não só deu início à tradição de vestido branco em casamento, como foi a primeira nobre europeia a se casar por amor, com seu primo direto Príncipe Alberto.


Desde então, após o branco ser consagrado como o protagonista, o vestido de noiva se transformou ao longo da história e antes da Primeira Guerra Mundial, durante o período da Belle Époque francesa, o vestido branco se popularizou pelo mundo.



Gostou desse conteúdo? Todo sábado traremos uma curiosidade sobre o universo do casamento.


E se quiser conhecer um pouco mais dessa história, assista o filme "A Jovem Rainha Vitória" no Prime Video. Imperdível.


Não se esqueça de nos seguir no Instagram!