Casamento Zen


O que seria pra você um casamento zen?

Um local cheio de imagens de Buda? Hummm… talvez…

Uma cerimônia com 3 taças dadas aos noivos significando, gratidão, juramento e prosperidade. Pode ser.

Foto 1: www.wedding-venues.co.uk

Foto2: Divulgação Maison Delorée

A cerimônia de casamento zen segundo a Monja Cohen embute uma pergunta: “Qual comprometimento que os dois fazem frente à sacralidade da vida?” E ela completa: ”Não seria uma amarra que perturba e incomoda o outro, mas que liberta”.

Lindo isso,né?

Imagina… Uma cerimônia que deixa transparecer nas entrelinhas deste encontro a genuína possibilidade de enxergarmos nosso(a) companheiro(a) como um ser integral, observando além das aparências mundanas sugeridas pelo apego indiscriminado ao ego. Uma tentativa verdadeira de equilibrar corpo, mente, espírito e de unir duas pessoas que acima de tudo se querem bem e se comprometeram a apoiar uma a outra em seus caminhos individuais e conjunto, neste trilhar espiritual contínuo.

Foto 1: www.8bitfactory.co

Foto2: Divulgação Maison Delorée

A partir dai sinto que fica mais fácil vislumbrar toda essa beleza simples que envolverá este momento tão sagrado, aonde as peculiaridades e amplitude de alma dos noivos se revelará de forma sutil na decoração da festa, no vestido da noiva, no local escolhido e etc.

Foto 1: www.simple-dress.com

Em um espaço clean, uma imersão sinérgica onde os convidados poderão se sentir em casa, em um ambiente que lhes propicie estarem relaxados em contato com suas naturezas intrínsecas. Provavelmente em local aonde a natureza circundante abrace também este momento de celebração e união.

Os votos no casamento zen, se formos pincelar o exemplo do zen budismo é elaborado pelos noivos antecipadamente de forma conjunta, como um elo que liga mais ainda seus propósitos.

Foto 1: www.dhgate.com

Foto2: Divulgação Maison Delorée

Falando desse espírito zen, mais do que propriamente dos detalhes do zen budismo, encontraremos essa atmosfera de simplicidade chique, que se fará descoberta por exemplo no espaço e nos detalhes sutis do vestido da noiva, que provavelmente optará pelo conforto sem com isso perder a beleza.

Essa alquimia de naturalidade harmoniosa e singeleza é produzida em detalhes pela Maison Delorée, que acompanha esse fluir de energias com toda delicadeza e atenção, em uma forma belíssima de honrar a alma daquela noiva propiciando o transbordar de sua essência, envolvendo com perfeição também suas madrinhas.

Foto 1: www.bridesmagazine.co.uk

Foto2: Divulgação Maison Delorée

A inspiração está no ar!

Que tal meditarmos sobre esta possibilidade, no momento presente?